Reprodução

Folião de Campo Grande deve gastar de R$ 49,00 a R$ 450,00 durante o Carnaval

Pesquisa de intenção de gastos e comemoração durante o feriado de Carnaval feita entre moradores de Campo Grande revela que os foliões pretendem gastar entre R$ 49,00 e R$ 450,00 durante os cinco dias de comemorações. O estudo foi desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS) em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur).A movimentação estimada para a Capital é de R$ 54 milhões e outros R$ 25 milhões devem ser injetados pelos moradores de Campo Grande em outros municípios e Estados.

Foram ouvidas 270 pessoas, permitindo um nível de 95% de confiança e 6% de margem de erro. A aplicação dos questionários ocorreu de 13 a 16 de fevereiro de 2017, em dez regiões da cidade.

“A maior parte da movimentação econômica em decorrência do Carnaval deve ficar na própria Capital, uma vez que entre os moradores, apenas 21,85% indicaram intenção de viajar no período de Carnaval”, explica o presidente do IPF-MS, Edison Araújo. Corumbá, Rio Verde e chácaras são os principais destinos de quem vai cair na estrada.
Os principais gastos no período devem ser com alimentação, bebidas e viagens. Uber e táxi também aparecem, indicativo de cumprimento da chamada Lei Seca.

A pesquisa também mostra que quem mora em Campo Grande não é adepto da folia: 81,91% disseram que não pretendem participar de atividades carnavalescas e, destes,41,97% ficarão em casa. Entre os que vão festejar, 27,2% mencionaram que pretendem se divertir nos blocos de rua.

A pesquisa aponta, ainda, perfil dos entrevistados, como faixa de escolaridade, de renda e a preferência musical. Neste último quesito, o sertanejo lidera, apontado por 26,84%, seguido do gospel, com 11,65% e todos os tipos, 9,37%.

Por fim, os entrevistados dão sugestões para melhorar o Carnaval na Capital:

43,55% querem mais segurança e 38,71% mais atrativos, com apresentações de bandas e blocos.

 

CLIQUE AQUI e confira a pesquisa

 

*Fonte: Fecomércio/MS